"Luz do sol que a folha traga e traduz...em verde de novo...em folha, em graça, em vida, em força, em luz..." Caetano Veloso
 

Final da Festa

Mais um ano se passou, aliás, mais uma Loftahammars-utställningen q se foi. A cada ano parece aumentar mais e mais o nr. de visitantes e o nr. de expositores. Esse ano o clima colaborou e muito. Tivemos sol os 3 dias . Se "bati pernas?" ...e muito...eu, o maridão e Ana Clara aproveitamos a valer a festa. Agora é esperar o próximo ano.

Exposi§ão de orquídeas

Exposi§ão de guardanapos de papel

Exposi§ão de cofres de todos modelos

Cadilac

Ana Clara e o avô Nils

 



 Escrito por Neuma às 08h45

[] [envie esta mensagem]




Fotos

Amanheceu um dia bonito...sol... A chuva chegou de mansinho...rápida ...não atrapalhou o desfile...não atrapalhou a festa...

Nesses dias de festa a cidade inteira hasteia a Bandeira Nacional

Início do Desfile

Desfile de carros

Músicos

Os visitantes apreciando a festa

 Prove um pouquinho dos "Godis" (guloseimas) suecos

 



 Escrito por Neuma às 16h48

[] [envie esta mensagem]




Loftahammars-utställningen

Hoje come§a a "Loftahammars-utställningen", ou seja, uma grande exposi§ão q acontece todos anos no último final de semana de agosto. São 3 dias de festa (sexta, sábado e domingo). Há exatamente 22 anos ocorre esssa exposi§ão aqui na nossa pequena e pacata cidade.Muitos expositores de diferentes locais e com diferentes produtos come§am a chegar hoje e montar suas "banquinhas". Esse ano teremos 168 expositores q vem mostrar e vender desde "guardanapos de papéis" até "máquinas pesadas (tratores, p.ex.)".  Bulldozer 

Além dos expositores temos tb apresenta§ões de grupos musicais, teatro, competi§ões de cachorros e muito mais entretenimentos. No sábado ao meio dia tem a apresenta§ão de uma Parada ou Desfile (mas não militar).

E nesses dias de festa a pequena e pacata cidade de Loftahammar, com seus mil habitantes, recebe em média 20.000 visitantes q vêm até aqui admirar e acompanhar toda essa festa.

Eu adoooooooooooro esses dias ...fico "batendo pernas" direto...fazendo comprinhas (os precinhos são convidativos) e curtindo toda essa movimenta§ão. Way To Go 

Voltarei mostrando as fotos desse evento. Bom final de semana p vcs. Blowing Kisses 







 Escrito por Neuma às 06h01

[] [envie esta mensagem]




Aos poucos tô me atualizando...

E depois das férias "relâmpago" aos poucos estou colocando minhas visitas em dia. Mas fiquei super feliz ao saber q o B.U.D.A. está dando certo...está vingando... Tem o link aí ao lado, visite e saiba um pouco mais sobre os Anjinhos de asas especias. Vamos divulgar essa campanha...vamos fazer nossa parte...vamos ajudar...

Por aqui o outono está a caminho. Ontem fez um sol maravilhoso mas com aquele ventinho frio bem típico dessa época.  Agora é esperar a esta§ão das ma§ãs e pêras. É a época de colher essas frutinhas e fazer muitas tortas e bolos.

Mais fotos das férias "relâmpago". Ah! Tem tb fotos no fotolog.  

Estocolmo (Palácio)

Åland

Ana Clara brincando com a Tia Célia

Um dedinho curioso









 Escrito por Neuma às 07h05

[] [envie esta mensagem]




Retorno

Terminaram as férias "relâmpago". Foram 6 dias de muito movimento. Ficamos 3 dias na capital e 3 dias em Åland (uma ilha da Finlândia). Nos divertimos a valer. Adorei conhecer minhas amigas blogueiras; passear em Gamla Stan, fazer comprinhas ; falar e ouvir o meu idioma...enfim...gostamos de tudo...

Agrade§o a acolhida da família Malmqvist q sempre nos recebe com muita aten§ão e carinho. Tusen tack!

Mas como dizem os suecos "Borta bra men hemma bäst", ou seja, "Viajar é bom mas voltar p casa é melhor".

A família Jonsson em Estocolmo

Encontro das blogueiras

Ana Clara curtindo a ilha de Åland

Pôr do sol na ilha de Åland às 21:15 hr

 

 



 Escrito por Neuma às 09h07

[] [envie esta mensagem]




Férias

Ufa! Até q enfim! Fériasssssssssssssssssssss! Rolly 3A família Jonsson vai botar o "pé na estrada". Vamos p a "capital" visitar amigos, "bater pernas", fazer comprinhas ...se divertir. A agenda? Tá lotada... tem até meu "primeiro encontro com blogueiras q moram desse lado de cá". Iupiiii!

Beijos e "inté"!   Love And Kisses 

Fiquem com esse sorriso de verão!

 

 







 Escrito por Neuma às 15h03

[] [envie esta mensagem]




Respondo...comento...e finalizo

Raquel : Há tempos eu queria escrever esses post sobre a assistência pré-natal na Suécia mas confesso q estava com pregui§a. Vc não foi insistente vc foi o empurrãozinho q estava me faltando.  A pasta do pré-natal fica no hospital. Sílvia Helena: Qto ao seu questionamento em rela§ão a "incompatibilidade" respondi no post "conhecendo o hospital". Mas uma coisa te digo:aqui é tudo muito muito organizado e minucioso. Sete semanas após meu parto fui fazer exame de controle e a parteira acessou a minha "página" (no pc) e  come§ou a ler o relatório sobre o meu parto. Fiquei impressionada com a precisão e os detalhes.Tudo. Não precisei falar nada.Incrível! Luciana: Fico feliz em saber q seu atendimento tb foi excelente e como vc disse " o parto foi a mais extraordinária experiência da minha vida"...da nossa vida...momento mesmo indescritível.Marcela:Qto a pergunta sobre a anestesia te respondo q : após eu tomar a anestesia quase não senti mais as dores das contra§ões...senti umas dores "longe"...A dor da "passagem" do bebe, essa grande dor a gente não sente qdo anestesiada.  Denise : É uma pena a "cultura brasileira" esquecer o parto normal e "incentivar" o parto cesáreo. Digo incentivar pq qdo grávida li muitos sites sobre gravidez e num deles li um médico (adepto ao parto humanizado) comentar q : p muitos médicos no Brasil é mais conveniente e "lucrativo" marcar 3 cesáreas num dia ( uma pela manhã, uma a tarde , uma a noite) a ficar um dia inteiro esperando todo trabalho do parto normal de sua paciente. Infelizmente é essa a realidade brasileira.

E lendo um blog comunitário sobre gravidez e grávidas notei q a  maioria das grávidas tiveram seus filhos de parto cesáreo mas o q eu achei "impressionante" foi uma grávida de 4 meses dizer q : " Fui ontem p minha consulta e minha médica falou q é melhor eu fazer uma cesárea pois sou mole p dor".Desculpem...desculpem...nem lembro quem é essa pessoa ...mas q médica é essa? A gravidez estava correndo bem, normal, saudável. Mole p dor???? Ou a médica já estava pensando nas cifra$$$$$ ? Só uma perguntinha: No parto cesáreo não se sente dor????  Acredito q bem mais q o normal. O normal vc sente as dores na hora após o nascimento do bebe vc não sente mais nada...nada... A Mãe Natureza se encarrega disso.

Não estou aqui julgando ninguém e muito menos querendo convencer as mulheres brasileiras q o parto normal é melhor (sabendo eu q o parto normal é melhor sim..p a mãe e p o bebê...claro...qdo tudo corre bem...gravidez saudável...deixo sempre isso bem claro). Acho q o parto cesáreo deve ocorrer qdo necessário. Mas não como é "feito" no Brasil.

Vc pode está pensando: e vc, Neuma, se tivesse no Brasil iria aderir ao parto normal? Respondo q sim.O obstetra da minha família é adepto ao parto normal. Uma das minhas irmãs teve 4 partos normais e 1 cesáreo e ela sempre disse q o parto normal com 3 horas vc está andando, tomando banho sem sentir nada...enqto q o cesáreo...hum...hum...ela provou os dois lados da moeda e sabe.

Sempre pensei o seguinte: qdo o bebe está prontinho p nascer, qdo ele quer nascer ele avisa e entramos em trabalho de parto. O bebe quer vir ao mundo...ele q deve escolher a hora...ele q sabe se já está prontinho p vir p esse lado de fora... E partos cesaréos com hora marcada? Será q o bebezinho quer vir ao mundo no horário e data q é conveniente p o médico e p a mamma?  Ele está lá...dormindo...quietinho no útero materno e de repente vem uma "mão" e o arranca daquele aconchego....hum...hum...Não estou sendo dramática mas esse sempre foi e é um questionamento meu.

Problemas, complica§ões a parte (pressão alta, deslocamento da placenta, riscos p o bebe e/ou p a mãe) sempre o q se ouve muito é :"Não houve dilata§ão." Não houve dilata§ão ou o médico não quis esperar?

E p finalizar todos post sobre a assistência pré-natal na Suécia quero mais uma vez agradecer a aten§ão de vcs e dizer q a palavra chave aqui é tranquilidade. Tudo q relatei é verídico, não exagerei em nada e muito menos fiz "maquiagens".E qto aos meus questionamentos e comentários espero q todos entendam...concordem...ou discordem...pois no maior respeito aceito as discordâncias dos amigos mas tb quero q os amigos (e sei q posso contar com isso) respeitem meus pontos de vista.

Navegando pela net encontrei uma entrevista  com um obstetra francês q defende a tese da humaniza§ão do parto;  relaciona "violência com cesárea" e diz q "o papel da parteira é dar conforto à mulher, ser uma espécie de mãe, fazê-la sentir-se segura. Países como Suécia, Holanda ou Japão realizam um pequeno número de cesáreas". Se vc se interessar em ler clique aqui

Tack så mycket pela aten§ão!

 



 Escrito por Neuma às 08h41

[] [envie esta mensagem]




Pós-parto

Após o parto fomos encaminhados p o quarto q ficamos hospedados. O pai tem direito a dormir a primeira noite com o bebe e a mamma. Nos dias seguintes ele tem direito a ficar durante o dia mas deve dormir em casa. O primeiro dia Tomas teve direito as 3 refei§ões mas nos dias seguintes ele teve q pagar.Fiquei 4 dias no hospital. 4 dias???Isso mesmo...fazendo o q??? Descansando...dormindo...lambendo a cria ...e aprendendo como cuidar do  bebe. As enfermeiras nos ensinam tudo. Como limpar, trocar fraldas, amamentar (as várias posi§ões possíveis), dar banho, enxugar, pôr a roupa, até a temperatura exata da água p pôr na banheira ela nos mostra.

A parteira q fez meu parto no dia seguinte (dia 23.11)foi me visitar. Saber como eu estava, o q tinha achado do parto. Tb recebemos a visita de uma enfermeira q veio conversar conosco sobre a assistência no hospital. Se estava correndo tudo bem, como foi o parto, se tínhamos alguma crítica a fazer, alguma reclama§ão pelo atendimento, alguma queixa contra as pessoas q nos atenderam. Tudo isso é notificado. Ou seja, ela vem com um "caderninho" faz as perguntas e tudo, tudo é anotado e arquivado.

Recebemos no próprio hospital livros sobre amamenta§ão e cuidados com o bebê e tb uma bolsa contendo alguns "presentinhos" p o bebê. Fraldas, produtos de higiene, filme p fotografar o bebe, pomadas p assaduras, cremes hidratantes.

O bebê em momento algum é separado da mãe. Fica num bercinho-carrinho e pra onde a mamma vai leva o bebezinho. Na hora das refei§ões vamos ao restaurante do hospital levando nossa "cria" junto. Voltei p casa na ter§a feira a noitinha mas me perguntaram se eu queria ficar mais uma dia, até a quarta. Mas eu não quis...já estava com saudades do aconchego do lar.  Antes de retornar p casa tomei a vacina contra rubéola ( eu não havia tomado antes), fui examinada por uma médica (apenas p constatar se os pontos estavam em ordem) e Ana Clara fez o exame da mãozinha (já escrevi q aqui os bebes fazem o exame na mãozinha e não no pezinho).

A alimenta§ão é excelente...deliciosa...acho até q Tomas ganhou uns quilinhos a mais durante esses dias q ficamos no hospital ...rsrsrs

E voltando p casa fui come§ar a cuidar do nosso bebê....com a ajuda da Mãe Natureza e do instinto maternal ( q aflora qdo nos tornamos mãe) cuidei da minha filhotinha sozinha...sem ajuda de mãe, irmãs, amigas, sogra, cunhadas.

Chorei como todas mães de primeira viagem. Fiquei super hiper sensível, chorava por tudo. ..a famosa deprê pós-parto. Chorei, sofri (com a amamenta§ão pois o início foi dificílimo p mim pois tive a um passo de ter mastite) mas venci. Venci os primeiros dias q são difíceis...longe da minha família...da minha mãe...mas hoje me sinto orgulhosa   pois sou realizada como mulher e mãe. E me sinto mais feliz ainda por DEUS ter me dado, além desse presentinho divino, a oportunidade de ser mãe no melhor país do mundo p a maternidade ( segundo o relatório  "State of the World's Mothers" de 2004 q a "Save the Children" divulgou ).  St. David 

Amanhã escrevo um post "comentando e repondendo" os comentários e algumas considera§ões minhas. Agrade§o desde já a aten§ão e o carinho de todos q estão acompanhando essa minha experiência.

 

 







 Escrito por Neuma às 06h48

[] [envie esta mensagem]




Parto

Meu bebê estava previsto p nascer dia 19 de novembro mas somente dia 20 (pela manhã) come§ou o trabalho de parto. A noitinha as contra§ões aumentaram e estavam com espa§os de 10 min resolvemos então ir p o hospital. Chegamos lá sabendo todos procedimentos. Fomos p a sala onde mede-se as batidas cardíacas do bebe e a intensidade das contra§ões. A diliata§ão havia come§ado mas estava em torno de 1,5 cm. A parteira aconselhou dormirmos no hospital e esperar a dilata§ão aumentar. Pela manhã a dilata§ão continuava o mesmo 1,5 cm e as contra§ões haviam sumido. Nada de dor. Fomos dar uma caminhada pela cidade e as 15 hr retornamos ao hospital. Nova medi§ão. Os mesmos 1,5cm. Então voltamos p casa.Chegamos em casa as 16 hrs e as 18hr come§aram as contra§ões novamente. As 20 hrs retornamos ao hospital. Antes de irmos telefonamos p o hospital p q a parteira já ficasse de "plantão". Qdo chegamos eu estava com 3 cm de dilata§ão. Após os exames de toque, medi§ão dos batimentos cardíacos do bebe e intensidade das contra§ões tomei um banho morno e me vesti p ir p a sala de parto. (Aqui não depila a mulher,tudo é naturalmente natural). Na sala de parto Tomas ficou ao meu lado. Somos atendidas pela parteira e uma enfermeira. Entrei na sala de parto por volta de 11 horas da noite  e ficamos aguardando a dilata§ão chegar a 10 cm. Eu usei a máscara do "lustgas" (q tb é opcional...usa quem quer...partirculamente eu adorei...fiquei legal...). Se a gestante for adepta a acunputura tb pode pedir p aplicar-lhe  umas "agulhadas" (não é o meu caso).Qdo eu estava com 5cm a parteira falou:"Qdo vc quiser a anestesia pode pedir". Eu aguentei mais um pouquinho mas com 6 cm pedi. O anestesista entrou na sala, apresentou-se. Primeiro deu uma pequena "furadinha" e perguntou se eu estava sentindo minhas pernas. Falei q sim...somente depois ele aplicou a anestesia e ficou na sala um tempo p ver minha rea§ão. Depois da anestesia aplicada...só esperar...dores???? diminuiram e muito...quase sumiram...(se eu soubesse teria pedido a anestesia há mais tempo...rsrsrs)

A dilata§ão "parou" em 6 cm , a parteira esperou e durante essa espera nos foi servido suco e água.Depois de alguns minutos de espera ela resolveu aplicar (dentro do soro) um "remedinho" p acelerar a dilata§ão. Por volta de 02:30 da manhã a dilata§ão chegou aos 10 cm...aí chegou a hora de "trabalhar". A hora de "expulsar" o bebê. A hora de trazer minha filhota ao mundo.

Aqui nós é q "escolhemos" a posi§ão q queremos "parir". Posi§ão q seja conveniente p a mãe e não p a parteira. Vc pode ficar de joelho, de cócoras, de lado.Vc escolhe a posi§ão q se sente melhor. Eu fiquei na posi§ão "convencional". Deitada com as pernas flexionadas e com as costas um pouco curvada p a frente. Essa foi a posi§ão q me senti melhor e a posi§ão q eu senti ter mais for§as.

Qdo Ana Clara "coroou" a parteira chamou Tomas p olhar. E ele viu a filhota a caminho. Qdo a cabecinha dela apontou a parteira perguntou: "Vc quer tocar sua filha? "E levemente toquei na cabecinha dela...após alguns segundos Ana Clara nasceu. Ela nasceu exatamente às 03:16 da madrugada do dia 22 de novembro.Emo§ão...felicidade...alegria...lágrimas..momento q não dá p descrever... Nada de palmadinhas no bumbum do bebe...naturalmente o bebe chorou...e imediatamente Ana Clara foi colocada sobre meu ventre p continuar sentindo o meu calor...o meu corpo....A enfermeira cobriu Ana Clara com uma toalhinha morna e ficamos as duas nos conhecendo...nos "lambendo". Nessa hora Tomas (com muitas lágrimas no rosto) foi chamado p cortar o córdão umbilical. A parteira perguntou se eu queria ver a placenta mas eu não quis. Tomas olhou...eu não...sei q a placenta é fundamental p a vida de um bebê mas eu queria somente olhar p meu presentinho divino.

A enfermeira e parteira saíram da sala e nos deixaram sozinhos cerca de 30 min pois  esse é um momento muito particular  e íntimo do casal. Após 30 min a parteira retornou e colocou Ana Clara p mamar,fez a minha assepsia e tb me ponteou. Depois fez a assepsia em Ana Clara, pesou e mediu. Ana Clara foi colocada em um bercinho e ficou dormindo feito um anjinho. A enfermeira então entrou com um belo café da manhã.

Após tomarmos o café fui tomar um banho e trocar minha roupa p ir p o quarto onde ficaríamos "hospedados". As 6 hrs da manhã eu estava feliz...leve...solta...toda "serelepe" tomando um belo banho...sem sentir nenhuma dorzinha...(prontinha p outra...hehehehehe)

Próximo post será sobre a assistência pós-parto.

 

 



 Escrito por Neuma às 06h13

[] [envie esta mensagem]




Conhecendo o hospital

Quase q eu "pulava" um capítulo. A visita ao hospital.  Após o término do curso p gestantes foi marcado o dia p visitarmos o hospital q teríamos nossos bebês. O hospital fica na cidade de Västervik (50 km de Loftahammar). Qdo chegamos lá fomos recebidos por uma parteira q nos mostrou todos procedimentos a serem adotados no dia do parto. Até o "interfone" q fica ao lado da porta de entrada do hospital nos foi mostrado.Ela nos levou então p a primeira sala q seríamos atendidas. Nessa sala existe um aparelho q mede os batimentos cardíacos do bebê e tb a "intensidade" das contra§ões. Nessa mesma sala a parteira faz o exame de "toque" p medir a dilata§ão. Depois fomos p a sala de parto e lá ela nos mostrou toda a aparelhagem a ser utilizada. Desde as agulhas, palhetas, aparelhos p medir a pressão...etc...e tb nos apresentou o "lustgas" ( é um gás "alucinógeno". Na sala de parto tem uma máscara com esse gás. Na hora das contra§ões a gestante  aspira  p suportar mais as dores, é opcional, claro). Depois ela nos mostrou o toalete onde tem uma banheira (caso a gestante queira tomar um banho morno de imersão, durante o trabalho de parto). Foi mostrada a sala q faz exame nos bebês, a sala onde ficam os bebês prematuros ou q nascem com problemas e precisam ir p a encubadoura, o restaurante e finalmente o quarto onde o casal fica hospedado. Sim...o casal...pois o pappa fica na maternidade junto com a mamma e o bebê. 

Após toda a apresenta§ão do hospital e como são todos procedimentos a serem adotados no dia do parto com certeza saímos de lá mais tranquilas e confiantes.

O hospital mais parece um hotel. Limpíssimo, organizadíssimo, silenciosíssimo. Vc se sente num hotel. As cores das paredes são em tons pastéis e passa uma paz...uma tranquilidade a todos q chegam por lá.

PS1:Ah! Só um complemento do post anterior sobre o curso: Na palestra sobre a amamenta§ão nos é mostrado tb os métodos contraceptivos. Recebemos orienta§ões sobre o assunto.

PS2: Durante nossa assistência pré-natal nós temos nossa pasta com todas as anota§ões assim como tb a parteira tem uma pasta p controle dela.Todas as informa§ões são passadas e arquivadas no computador. Portanto mesmo sendo uma outra parteira q fará o parto ela simplesmente acessa via pc todos os dados da gestante e tudo q ocorreu com ela durante o pré-natal. Durante nossa assistência é perguntado se queremos tomar anestesia, ou seja, a peridural. Isso p q as parteiras entrem em contato com o anestesista.

Próximo post será sobre parto e pós-parto. 



 Escrito por Neuma às 15h31

[] [envie esta mensagem]




Curso p gestantes

 O curso p gestantes ou curso p os "novos pais"  foi iniciado em outubro. Foram 4 segundas-feiras. No nosso grupo éramos 5 "barrigudinhas". 2 delas já eram mamães e 3 (inclusive eu) éramos mammas de "primeira viagem". O curso foi administrado pela própria enfermeira-parteira q acompanhou toda a nossa gesta§ão.O primeiro dia do curso foi apresenta§ão do grupo e palestra sobre a importância de um filho na vida de um casal. O segundo dia foi sobre parto. O terceiro dia sobre amamenta§ão e o quarto dia foram as conclusões finais. No dia da palestra sobre parto além da "nossa" enfermeira-parteira tivemos a presen§a de uma parteira q trabalha no hospital onde teríamos nosso bebê. Elas explicaram tudo. Mostraram uma "maquete" do aparelho reprodutor feminino e tudo q acontece qdo o trabalho de parto come§a. Até um bebezinho ( de borracha, claro) com o cordão umbilical e a placenta presa nos foi mostrado. Elas mostraram tb todos instrumentos a serem utilizados na hora do parto...a agulha do soro, uma "palheta" p furar a bolsa ( caso não tenha rompido) e outros mais...ou seja...explicaram tudo de uma forma minuciosa. Após todas explica§ões assistimos um vídeo sobre parto. Nesse vídeo mostrava todo o atendimento da maternidade...desde a hora da chegada...o antes o durante e o depois do parto. Ou seja, nesse dia saimos do curso sabendo exatamente como seriam os procedimentos conosco.

A palestra de amamenta§ão foi dada pela enfermeira q acompanha os bebes após o nascimento. Com um boneco de borracha ela nos ensinava as posicões p amamentar além, claro, de falar sobre a importância da amamenta§ão.

No último dia do curso foram as conclusões finais. E nesse curso todos os "papais" acompanharam suas esposas pois eles tem um papel fundamental na hora do parto. Além de ajudar o filho a nascer são eles q cortam o cordão umbilical.

Próximo post contarei sobre o parto e a assistência pós-parto.



 Escrito por Neuma às 20h48

[] [envie esta mensagem]




Pré-natal

Desse lado de cá somos atendidas por parteiras. Isso mesmo! No início achei estranho mas Tomas me tranquilizou. Elas são enfermeiras "formadas" q se especializam nessa área. Lembro q qdo engravidei uma amiga (brasileira, sem filhos e q mora aqui há anos)falou: "Seria bom vc falar com alguma brasileira q já teve filho aqui pois o sistema sueco é bem diferente." E eu perguntei: "Diferente como??? O bebe nasce por outro "lugar"? (rsrsrs) Mas uma coisa eu fiz: Me desliguei do sistema brasileiro pois caso eu ficasse comparando a assistência a gestante brasileira à assistência a gestante sueca eu iria enlouquecer.Então desde o início afirmei p mim mesmo:Moro aqui tenho q seguir o sistema daqui. Eles não irão mudar o sistema de atendimento somente pq sou brasileira. 

O pré-natal aqui come§a a partir da semana 12 antes disso nada a fazer...é esperar...Na primeira gravidez temos direito a 2 ultrasons. Uma na semana 17 e outra na semana 33. Eu tive direito a uma ultrasom extra pois tive um aborto espontâneo em dez de 2002. Numa segunda gravidez a gestante só tem direito a uma ultrasom na semana 17 caso queira tirar uma outra ultrasom deve pagar.Aqui diferente do Brasil (não fa§o compara§ões, apenas comento) não come§amos a tomar vitaminas no início da gravidez. Aqui tudo parte do princípio q a natureza deve agir da forma mais natural possível. Eu comecei a tomar ferro na semana 25 pois a taxa estava um pouco baixa. Mas a recomenda§ão é: comer muitas frutas, verduras, derivados do leite, tomar leite e blablabla...ou seja...a alimenta§ão em primeiro lugar...caso haja deficiência de alguma vitamina então é receitado um complexo vitamínico. 

Aqui somos preparadas p ter filho de parto normal. Parto cesariano é somente se for necessário... Parto marcado???Nem pensar...O sistema sueco é: "A mãe Natureza" sabe agir na hora certa...caso demore a agir ou a gestante tenha algum problema então chama-se um médico p fazer a cesária. Na Suécia não existe a tradi§ão de saber o sexo do bebê. Qdo fiz minha segunda ultrasom (semana 17) perguntei se dava p ver o sexo. A parteira q me atendeu ficou "admirada" ( p não dizer espantada) e perguntou pq eu queria saber. Contei então q no Brasil isso é normalíssimo...mas não consegui convencê-la ...Ela apenas disse q não dava p ver o sexo. Expectativas, apenas. O bebê já era amado desde a concep§ão. Mas na semana 33 qdo fiz a terceira ultrasom pedi novamente...ela hesitou um pouco...mas depois mostrou e disse q era uma "flicka" (menina) e me deu 85% de certeza.  Se vcs me perguntarem pq aqui não diz o sexo do bebe sinceramente não sei responder. Já li q os médicos e parteiras daqui fizeram tipo um pacto p não revelar o sexo do bebe pois o casal pode se decepcionar  e come§ar a rejeitá-lo ou então querer abortá-lo (aqui o aborto é permitido)...mas sinceramente não sei ao certo...

Durante o pré-natal fazemos um curso sobre parto, amamenta§ão e tb visitamos o hospital q iremos ter o bebê. Os papais tb fazem o curso e participam do parto. Aqui o homem não é somente o doador da sementinha. Ele participa de tudo...das consultas...dos cursos ...e do nascimento do filho. Este será o assunto do próximo post.







 Escrito por Neuma às 11h21

[] [envie esta mensagem]




Dia dos Pais

Hoje ofere§o as rosas do meu jardim p todos os PAIS. O meu pai, o pai dos meus amigos, o pai q passa por aqui (deixando ou não comentários), o pai dos filhos das minhas amigas...enfim...a todos grandes homens q tem a grande realiza§ão de ser Pai.

 

PS:O dia dos Pais aqui na Suécia é no segundo domingo de novembro. Mas deixo aqui meus Parabéns ao maridão...q é um pappa maravilhoso! Ana Clara q o diga!



 Escrito por Neuma às 06h15

[] [envie esta mensagem]




Luz do Sol na Antena Paranóica

Ontem navegando no mundo blogueiro descobri o blog do Nonato Albuquerque, jornalista cearense...e claro q fui dar uma olhadinha por lá...tão bom encontrar os conterrâneos nesse mundo virtual. E hoje ao abrir o Antena Paranóica me deparo com o seguinte post:

"Correspondên & cia

novos amigos até na Suécia

Pois z-é, como dêz-ia os z-outro: tem gente que se liga ao nosso ANTENA PARANÓICA até onde a gente nem imagina. Lá em Loftahammar, na Suécia, por exemplo.Abro o 'comments' e eis q descubro o recado da Neuma Jonsson, uma cearense que tem um blog bonito e de uma leveza singular. Obrigado também, Neuma, por me ouvir no rádio."

 Eu também fico muito agradecida pelo seu comentário e tb pelo elogio ao meu blog. Qdo criei esse cantinho foi p transmitir  leveza...positividade e muita luz... Sunshine Q bom q tô conseguindo transmitir essa leveza...esse brilho da Luz do Sol.

 







 Escrito por Neuma às 08h14

[] [envie esta mensagem]




Por aqui...

Agrade§o todos elogios ...q bom saber q @s amig@s gostaram do novo templante...suave...leve...simples...paz...Ontem qdo acessei e ouvi a música "Luz do sol" confesso q chorei. Saudades da família...dos amigos...do ninho maternal. Ontem, p mim, foi um dia típico de outono (apesar de estarmos ainda no "verão"). Frio...escuro...nublado.Acho q minha sensibilidade estava a flor da pele. Estou tendo pouco tempo p blogar e visitar @s amig@s. Ana Clara está numa fase delicada. Os dentes superiores estão nascendo.Então vamos choros, enjôos. Só quer ficar grudada em mim...Comer? Nem pensar. Está na "dieta" água-suco-leite e nada mais. Isso machuca a mim tb...mãe de primeira viagem. Sábado ela chorou e gritou 1 hora e 20 minutos seguidamente,até eu chorei...senti a dor desses dentões saindo. UFA!   Mas sei q essa fase passa, ainda bem. Uma amiga me pediu p falar sobre minha assistência pré-natal e parto.Aguarda um pouquinho amiga q contarei . Assim não só vc mas todos q por aqui passam saberão como é o sistema sueco. Mas adianto q a minha assistência foi excelente. Não tenho do q me queixar. Bem, vou nessa cuidar da "pequerrucha" q agora além de engatinhar a casa toda só quer viver em "pé" se segurando em todos os móveis q encontra pela frente. Crib 









 Escrito por Neuma às 07h49

[] [envie esta mensagem]




Sensibilidade

Hoje come§o o mês com novo "templante". Templante leve...simples...sensível...e com as cores q amo...azul e amarelo. O interessante é q escrevi p minha amig@ :" Queria um templante com o fundo amarelo e um solzinho sorrindo e com a música do Caetano "Luz do sol" . E hoje ela me apresenta o novo visual  do Luz do sol.Fiquei super feliz com a sensibilidade dela. Até escrevi:"Nossa! Vc parece q estava aqui ao meu lado..e eu dizendo...faz assim...faz assado..." Sem falar nada ela acertou nas cores...na sutileza...na leveza...e na música do Caetano deslizando como um raio solar . O q mais me espanta é q mesmo sendo amig@s virtuais e estarmos tão distante fisicamente uma da outra parece q a gente se conhece há anos. É a sensibilidade falando mais alto. "Tack så mycket" "Tusen tack". "Muito obrigada mesmo Pulg@! Vc com suas anteninhas sempre muito ligadas captou muito bem a minha, a sua, a nossa sensibilidade. Valeu!  

 Escrito por Neuma às 16h23

[] [envie esta mensagem]



[ver mensagens anteriores]
 
 



Perfil

Suécia, Mulher, Portuguese, Swedish, Viagens, Música, Vinho,Chocolate




Meus Blogs

 Meu passado
 Meu passado2
 Cozer&Comer - Parte 1
 Cozer&Comer - Parte 2
 Fotolog


Blogs de amigos

 Marta
 Pulg@
 Glória
 Mariazinha
 Sesmarias
 Aldeia dos Anjos
 Vera
 Veridiana
 Denise
 Cristina
 Nara
 Roseane
 Célia
 Gorete
 Kelly
 Lilia
 Vivi
 Cam
 Liza
 Ana
 Clarice
 Adriana
 Carla
 Raquel Heloisa
 Ruti
 Dani G
 Márcia
 B.U.D.A.


Música *Luz do Sol*

......

Caetano Veloso


Dê uma nota para meu blog


 Indique este Blog


Arquivos

 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005
 01/02/2005 a 28/02/2005
 01/01/2005 a 31/01/2005
 01/12/2004 a 31/12/2004
 01/11/2004 a 30/11/2004
 01/10/2004 a 31/10/2004
 01/09/2004 a 30/09/2004
 01/08/2004 a 31/08/2004
 01/07/2004 a 31/07/2004




Layout by pulg@